.comment-link {margin-left:.6em;}

The Sun Green Hills

Conversas de café e outros devaneios...

greendale

sexta-feira, fevereiro 17, 2006

Ainda as caricaturas de Alá

Tenho assistido a todas as histórias que têm envolvido as tais caricaturas de Alá. Mantive tenuamente os meus princípios relativamente à liberdade de expressão, isto por não ter ainda visto as ditas caricaturas e por isso não ter apreciado o seu nível de humor.

No entanto, abri por acaso um dos dez forwards que vou recebendo ao longo dos dias. Vinha acompanhado das fotos aqui ao lado.

Este rapazinho iraniano roubou um pão. Punição: em pleno espectáculo público, passar-lhe com um carro por cima do braço com que roubou o alimento que lhe mataria a fome. Fiquei estarrecido. Não acredito que seja esta a misericórdia de um qualquer possível Deus.

Lembrei-me então destes dois conceitos, coerência e moral. Ambos, ao juntarem-se explicam-nos que devemos fazer aos outros aquilo que gostávamos que nos fizessem a nós e mais que tudo que antes de acusarmos quem quer que seja devemos primeiro olhar ao espelho. Olhos nos olhos. A ver se somos capazes... Quem pode criticar umas simples caricaturas e depois dar este espectáculo? Convenhamos...

Vejo a coisa como duas crianças que brincam. Uma queixa-se que a outra a aleija enquanto esta se defende dizendo que só estava a brincar e não tinha intenção. O que respondemos? Evidentemente, dizemos à criança que não se ponha mais com brincadeiras, porque independentemente de ter ou não intenção magoa a outra. Caso resolvido. É o mesmo com os choques culturais. Se não gostam que se brinque, não se brinca. Cada um sabe das suas vicissitudes. Mas, sinceramente, pior que brincar às culturas é atentar contra a Humanidade tal como podemos constatar.

Contudo, atenção, também aprendi e acredito, que o sentido de humor próprio define os "inteligentes". Não é qualquer um que tem a capacidade de gozar consigo mesmo.

Todos sabemos que estas coisas acontecem diariamente para aquelas bandas. Mas, no meu caso, foi preciso ver mais umas fotos para me lembrar desses tristes factos e pensar concretamente em tudo o que se tem passado por causa daquelas humorísticas caricaturas. Isto não pode voltar a acontecer. Urgentemente.

2 Comments:

Blogger Beatriz said...

enchi os ouvidos de opiniões de letrados e não letrados sobre o assunto das caricaturas e sobre as razões de cada uma das partes, mas posso garantir (juro que não tou a dar graxa a ninguém...)que não ouvi ninguém a pegar no tema e a expo-lo tão bem.
Não diria melhor. Cometem-se realmente atrocidades em nome ou no seio de religiões e comunidades, fanáticas e ferozes na defesa dos seus valores e da sua fé. Não obstante, foi uma total inconsciencia atentar contra as crenças de quem não está aberto a este tipo de humor; mais, foi não estar desperto para como os islamitas se defendem e para as atitudes que tomam, dentro e fora do Mundo árabe.

beijos,
beatriz

3:38 da tarde  
Blogger Francisco said...

Não nos puderemos conformar com tais actos, mesmo que quiséssemos. Lutemos, amigos, mas que as nossas armas sejam sempre canetas e palavras ditas ou escritas, mais que isso é ser desumano, como eles o são.

1:17 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home