.comment-link {margin-left:.6em;}

The Sun Green Hills

Conversas de café e outros devaneios...

greendale

sexta-feira, agosto 11, 2006

O PRINCÍPIO DE TUDO

A minha primeira grande viagem a sério cumpre este mês cinco anos. Desde então tudo mudou... Por altura do primeiro aniversário desta jornada escrevi uma homenagem aos meus justos companheiros de viagem, a qual recordo e reforço com a intensidade de 1000 viagens: as que passámos e as que passaremos. Juntos e cada um de nós.



Da utopia à concretização de um sonho!
Hoje nenhum de nós se lembra do dia em que decidimos fazer o inter-rail.
Foi dois meses antes, talvez três, que interessa...
O grupo que se formou, também ele aleatoriamente,
foi alimentando esperanças e sonhos!
Não sabíamos ao certo o que esperar:
a ideia de saltar da Torre Eiffel para o Coliseu Romano,
da Disney para as ilhas gregas (nesta altura qualquer uma servia...),
dos canais de Veneza para o berço do modernismo - Florença, não esquecendo a Barcelona de Gaudí,
tudo em pouco menos de um mês, era demasiado abstracta, estranha até.
"Seremos nós capazes de aguentar tamanha aventura?"
"Não serão as viagens desgastantes?"
"Tanto dinheiro. Será que vale a pena?"
"Vamos fartar-nos uns dos outros..."
Foram, a determinada altura, dúvidas levantadas por cada um.
O dia da partida chegou, estávamos pela primeira vez juntos, os cinco - seria sempre assim daí em diante -
de mochilas às costas, demos as primeiras gargalhadas,
jogámos as primeiras cartadas, bebemos as primeiras cervejas,
corremos os primeiros carris... cruzámos fronteiras!
Ao longo dos dias cada minuto foi mais intenso, cada momento melhor desfrutado e, aquando da primeira e única separação, foi com um sentimento familiar de saudade (sim, acredito que fomos família...) que nos despedimos! Finda a viagem que de tão intensa (diria fantástica) até pareceu curta, a frase "para o ano tem que haver mais!" estava estampada no nosso olhar. Provavelmente não vai haver, pelo menos os cinco,
mas façamos as viagens que fizermos nunca nenhuma será como esta, a primeira, pois mais do que um curso, uma experiência, uma carruagem,
um quarto ou as mãos que sempre demos,
é o sentimento em comum que nos une desde aí!
Hoje somos irmãos!

Cinco anos depois sinto, e sei, que ainda continuo dentro destes primeiros comboios. E com gosto continuarei indefinidamente. Obrigado uma vez mais pelo empurrão no tiro de partida!

1 Comments:

Anonymous Angelica said...

I understand a half of the text, but so much of the meaning!:)

Anyway... You REALLY like anniversaries!!!

Ciao.

Angie

11:26 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home