.comment-link {margin-left:.6em;}

The Sun Green Hills

Conversas de café e outros devaneios...

greendale

domingo, janeiro 31, 2010

Obrar Arte



A descontinuidade subversivo-instintiva de um colaterismo opaco. Transcendências inócuas salteadas por sis-temas óbvios e itinerantes. Artistica-mente obrando, construindo in-tangi-habilidades perceptivel-sente incompreendidas. A subject-actividade urbano dependente revela in-transigências expostas ao tempo mensuradamente circun-ciclico. Vicissitudes intempestivas de uma aragem a(i)rada e pontificada por frenéticos silios silenci-ocios. É obra. É arte. É obra de arte. Obra-d’arte. Dar-te obra. Obrar-te. Bradar-te. Obrar arte.

2 Comments:

Blogger Francisco said...

Genial

11:46 da tarde  
Blogger Francisco said...

Uma caricatura genial!

11:51 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home