.comment-link {margin-left:.6em;}

The Sun Green Hills

Conversas de café e outros devaneios...

greendale

terça-feira, fevereiro 09, 2010

Projecto Bug e as suas Obras do Acácio




De um devaneio de amigos com ânsias de diferentes ambientes sonoros surgiu a espontânea rotina dos ensaios nas noites de quinta-feira. Em todas elas, sem excepção. E como a quem vem por bem a mais não é obrigado, o grupo foi crescendo sem que ninguém fosse posto de banda.

A composição entretanto formada – seja musical, humana ou ritmica – assume-se como hibrida, flutuante, inesperada e preferentemente insólita, alimentando-se dos mais diferentes bug’s e projectando-os sem igual.

Não estamos perante uma banda ou um qualquer grupo musical de bons ou maus rapazes. O Projecto Bug é muito mais do que isso. É um ponto de encontro, um espectáculo de variedades, uma fonte de humor, um poço de alegria, um sentimento de partilha e, sobretudo, uma gargalhada de (a)braços.

E note-se que nesta pequena orquestra há sempre lugar para mais um instrumento, uma voz, uma piada, uma acrobacia, um disfarce carnavalesco ou até mesmo um mero ouvinte. Sorridente, pois claro.

Hoje – dois anos depois da primeira aparição pública à qual se seguiu um ano sabático em que o planeta dava uma volta – passou-se do princípio de “abrir as portas ao mundo” ao processo de “abrir as portas do mundo”. O Projecto Bug deixou de ser apenas uma festa de fogo preso no estúdio das quintas-feiras e agora quer também estrelar os céus mais cinzentos por onde possa passar. As reacções têm sido tão efusivas que a única saída não poderia ser outra que não fosse querer semear o pânico da alegria mais vezes. Uma e outra vez. E mais uma. E outra. E todas as vezes que se juntem num qualquer lugar a fazer lembrar um palco.

Com as “Obras do Acácio” em 2010, o Projecto junta também uma equipa de BUGuettes que provoca uma BUGunça anárquico-musical onde quem não dança, canta ou ri, precisa ser reanimado.






1 Comments:

Blogger .sakul.onurb. said...

654321bugArte!!
;)

12:19 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home